Imagem capa - Cinco erros que não podes cometer ao escolher a Quinta de casamento perfeita   por Quinta da Devesa

Cinco erros que não podes cometer ao escolher a Quinta de casamento perfeita

Estás às voltas para escolher a Quinta perfeita que será a sede do evento mais inesquecível da tua vida? É mais do que normal que surjam dúvidas e inseguranças na hora de tomar uma decisão tão importante como esta.


Para te ajudar a realizar essa escolha, trazemos 5 erros que nenhum casal de noivos deve cometer durante este processo.



Casamento ao ar livre na Quinta da Devesa (Crédito da imagem: André Furtado Photography)


 

Tópicos a ter em conta na hora de escolher a melhor Quinta de casamento

 

1 – Não considerar o clima do mês em que se vai casar


Portugal é um país com grande variação climática de acordo com a estação do ano. Por isso, se pretendes casar no inverno, por exemplo, deves apostar num lugar que tenha uma boa área coberta para proteger os teus convidados do frio quando o sol cair.


Mas se pensares em casar nos meses de verão, abusa de locais ao ar livre, mas é preciso avaliar se a Quinta de casamento escolhida proporciona locais com sombra porque nas horas de sol forte, não vais querer deixar os teus convidados a torrar ao sol. 


Já nas estações intermédias, como outono e primavera, há dias quentes e outros em que a temperatura cai bastante. Portanto, pensa em sítios que te proporcionem a combinação de ar livre e interior resguardado. Afinal, é a função dos noivos garantir o bem-estar dos convidados.

  

2 – Se te deixares levar por uma decoração que não é “a cara dos noivos”


Muitas vezes encontramos uma Quinta de casamento com aquela decoração linda na fotografia, mas ela não tem nada a ver contigo ou com o teu noivo. Se esse for o caso, podes acabar por te sentir como um peixe fora d’água no teu próprio casamento.


O melhor conselho é: procura exemplos tanto do estilo que mais te define quanto de outros que possam te surpreender. Imagina como correria o teu evento naquele cenário e se tu e o teu noivo encontrassem identificação com o tipo de decoração proposta.


Seja clássico, moderno, rústico, vintage, minimalista... o importante é que tu consigas ver o teu casamento a correr perfeitamente bem enquadrado daquela maneira e não te leves apenas pela beleza das imagens.



Quinta da Devesa Vila Nova de Gaia

Que estilo mais define o casal? (Crédito da imagem: André Furtado Photography) 


3 – Negligenciar a ementa


Há noivos que se apaixonam por um conceito ou um determinado espaço, acabam por confiar de olhos fechados no evento e muitas vezes dececionam-se com os resultados da ementa no dia D. 


Queres um conselho? O menu que é oferecido deve ser um dos principais requisitos de avaliação na hora de escolher a Quinta de casamento perfeita para teu casamento.


Por isso, avalia todas as suas possibilidades, conversa sobre possíveis mudanças ou coisas que não te agradem, divide com o teu noivo para que ele também dê a sua opinião e tira todas as dúvidas antes de fechar o contrato.

 

4 – Ignorar os pormenores da festa


Há festividades de casamento que duram 12 horas ou mais. Nesse espaço de tempo, muita coisa irá acontecer. Tu precisas de saber tudo para decidir se queres mudar, incluir ou eliminar alguma coisa que foi programada previamente.


É importante que tu estejas a par de tudo: programação, horários das refeições, intervalos e até de como todos os fornecedores, como animador e fotógrafo, irão se integrar com a cerimónia preparada pela Quinta de casamento escolhida.


Queres mais uma sugestão? Deixa uma madrinha ou amiga de confiança a par dos pormenores da cerimónia para que ela fique de olho no desenrolar das coisas e assim tu poderás relaxar um pouco mais.



Estejas a par de tudo que irá acontecer no dia D (Crédito da imagem: André Furtado Photography)


5 – Deixar de dar o teu toque especial ao espaço


Procurar maneiras de personalizar o teu casamento é um excelente caminho para que tenhas recordações especiais e únicas do teu grande dia e de como os convidados foram afetados pelos teus toques especiais.


Por exemplo, podes querer criar um cantinho para expor fotos do casal, amigos e familiares; ter um expositor de mensagens para que os teus convidados deixem recadinhos, fazer plaquinhas com frases e imagens que mostrem o verdadeiro lado dos noivos... 


Deixa a imaginação fluir e alinha com a cerimónia da Quinta de casamento que pretendes escolher para entender o que é logisticamente possível de se tornar realidade. O resultado final pode fazer toda a diferença no teu casamento!